AMÉRICA/ARGENTINA - “Cura Brochero, um sacerdote perto do povo”: alegria depois do anúncio da canonização

Segunda, 25 Janeiro 2016 piedade   evangelização   igrejas locais  

Cura Brochero, um sacerdote perto do povo

Cruz del Eje (Agência Fides) – "Cura Brochero trabalhou por nós, pelo nosso progresso humano", disse ontem Dom Santiago Olivera, Bispo da diocese argentina de Cruz del Eje, comentando a notícia da próxima canonização do sacerdote argentino. Sexta-feira, 22 de janeiro, o Papa Francisco autorizou a Congregação das Causas dos Santos a publicar o decreto de aprovação do segundo milagre atribuído a Brochero, sobre o caso de uma menina de nove anos que saiu do coma depois de 45 dias.
Dom Olivera recordou que José Gabriel del Rosario Brochero "foi um sacerdote próximo do seu povo", destacando o "momento de alegria" que vivem em Cordoba, terra onde viveu e trabalhou, com a notícia da sua canonização, que o tornará o primeiro santo que nasceu e morreu na Argentina. "Brochero foi um sacerdote gaucho, que era muito próximo ao seu povo e foi com seu burro de localidade em localidade lutando para que houvesse trabalho, escolas e dignidade", disse Dom Olivera, que é o vice-Postulador da causa de canonização.
O sacerdote, "cura", Brochero (1840-1914) foi beatificado por Bento XVI no final de 2012, e seu processo de canonização foi autorizado em 1967. O primeiro santo nascido na Argentina é San Hector Valdivielso Saez, conhecido como San Benito de Jesus (1910-1934), que aos quatro anos de idade foi levado pelos seus pais para a Espanha, onde morreu durante a revolução das Astúrias, antes da guerra civil espanhola.
(CE) (Agência Fides, 25/01/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network