AMÉRICA/HAITI - Adiado o segundo turno, protestos violentos nas ruas

Sábado, 23 Janeiro 2016 política   áreas de crise   desenvolvimento  

Protestos depois do adiamento das eleições

Porto Príncipe (Agência Fides) - No Haiti, o segundo turno das eleições presidenciais previsto para domingo, 24 de janeiro, foi adiado. A data deve ser ainda definida. A violência que estourou nos últimos dias abalou as condições mínimas de segurança para a realização da votação. O apelo da Conferência Episcopal feito ao Governo, à Comissão eleitoral e outros protagonistas envolvidos nas eleições de exercer a sabedoria, a intuição e a capacidade de diálogo a fim de encontrar uma solução aceitável e sustentável para o povo haitiano em tempo breve, parece ter sido ouvido somente em parte (veja Fides 22/01/2016). Durante toda a semana o Haiti foi abalado por protestos violentos a fim de pedir ao Governo para adiar o segundo turno, porque segundo a oposição houve fraudes durante o primeiro turno, em 25 de outubro. Além disso, o candidato principal da oposição Jude Celestin se retirou da corrida eleitoral deixando somente o candidato no poder Jovenel Moise. Tudo isso criou uma situação incontrolada no país. (CE) (Agência Fides, 23/01/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network