ÁFRICA/NIGÉRIA - Card. Onaiyekan: “Há 20 anos vemos o aumento do fanatismo religioso que alimenta a violência”

Quarta, 20 Janeiro 2016

Abuja (Agência Fides) – As violências de matriz religiosa na Nigéria vêm de longe, afirmou o Cardeal John Onaiyekan, Arcebispo de Abuja, em pronunciamento na faculdade de Direito de Ahmadu Bello University, em Zaria, no estado de Kaduna.
“Há cerca de duas décadas, começamos a ver o aumento de um fenômeno que atinge negativamente a harmonia religiosa” disse. “Começamos a notar o incremento de um rígido fanatismo, que mantém as pessoas estritamente ligadas à própria fé, ao ponto de afirmar que só elas são aceitas, aos olhos de Deus. Isto leva a excluir totalmente aqueles que não seguem esta linha (destes fanáticos)”.
O Cardeal ressaltou que os fanáticos, muçulmanos e também cristãos, interpretam de modo distorcido trechos do Alcorão e da Bíblia. “Notamos – acrescenta o Cardeal – que o extremismo doutrinal se transforma facilmente em violência física. Desordens e conflitos mortais são consequências naturais da negação fanática e exclusiva do próximo. A anomalia de Boko Haram é um claro exemplo”. Por isso, o Card. Onaiyekan afirma que “condenar as violências dos terroristas não é suficiente. Devemos também enfrentar o grave perigo constituído por quem prega a exclusão de outras crenças, em mesquitas ou em igrejas”.
(L.M.) (Agência Fides 20/1/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network