ÁFRICA/QUÊNIA - O exército queniano lança uma operação para libertar os militares capturados pelos Shabaab

Segunda, 18 Janeiro 2016 grupos armados  

Nairóbi (Agência Fides) – O chefe do Estado-maior das forças armadas do Quênia, o general Samson Mwathethe, revelou alguns detalhes do ataque realizado em 15 de janeiro pelos Shabaab somalis contra uma base de militares quenianos que atuam no âmbito da AMISOM (missão da União Africana na Somália), que se verificou no sul da Somália. No ataque, ocorrido na localidade de El-Adde, morreram vários soldados de Nairóbi, enquanto outros foram capturados.
Segundo os Shabaab, os militares mortos são pelo menos 100, mas as autoridades de Nairóbi até agora se abstiveram de revelar o número de mortos, afirmando que antes é preciso contatar as famílias das vítimas.
O general Mwathethe afirmou que o ataque foi conduzido com o auxílio de três carros-bomba que abriram o caminho aos criminosos. Outro ponto que não foi esclarecido é se uma base do exército somali foi ou não atacada ali perto.
O exército queniano anunciou ter iniciado uma importante operação para libertar os militares capturados pelos Shabaab. (L.M.) (Agência Fides 18/1/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network