ÁFRICA/REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA - Campanha de vacinações: até o final de 2016 um quarto das crianças devem ser vacinadas contra doenças letais

Segunda, 18 Janeiro 2016 saúde  

Sokwanele - Zimbabwe

Bangui (Agência Fides) - A organização médica e humanitária Médicos Sem Fronteiras (MSF) iniciou uma campanha de vacinações em massa na República Centro-Africana (CAR). O objetivo é vacinar cerca de 220 mil crianças o equivalente a um quarto de todas as crianças presentes no país, até o final de 2016. Segundo a nota enviada à Agência Fides, se trata de uma ação excepcional que irá proteger as crianças abaixo de cinco anos contra as principais doenças responsáveis pela mortalidade infantil no país. Iniciada em junho passado no norte do país, em colaboração com o Ministério da Saúde, a campanha atingiu agora a subprefeitura de Berberati, na área sul-ocidental, e será gradualmente estendida a todas as 13 subprefeituras onde a organização MSF está presente. A Ong irá potencializar os serviços nas estruturas de saúde onde trabalha e deste modo poderá fornecer às crianças abaixo de cinco anos uma proteção eficaz contra pelo menos nove doenças infecciosas.
Outras medidas preventivas como a distribuição de vitamina A, mosquiteiros, tratamentos com pesticidas e triagem para a desnutrição serão adotadas segundo as necessidades específicas de cada local. Dados oficiais do Ministério da Saúde mostram que a crise política e militar iniciada em 2013, causou a redução drástica do índice de cobertura da vacina. De 2012 a 2014, o número de crianças centro-africanas vacinadas contra o sarampo se reduziu de 64% para 25%, enquanto para as infecções respiratórias desceu de 52% para 20%. No final de 2013, somente 13% das crianças de um ano recebiam as vacinas completas. (AP) (18/1/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network