OCEANIA/AUSTRÁLIA - Apelo dos Bispos pela abolição da pena de morte em todo o mundo

Sexta, 27 Novembro 2015 pena de morte  

Sidney (Agência Fides) – Os Bispos australianos se opõem à pena de morte e pedem que esta seja abolida em todo o mundo, colocando-se à disposição para contribuir eficazmente a este objetivo: como apurado por Fides, este é o apelo lançado pela Conferência Episcopal ao Parlamento australiano. Recordando a oposição firme da Igreja contra a pena capital, e que os católicos são “incondicionalmente a favor da vida”, os bispos reiteram que a dignidade humana é um princípio fundamental da Doutrina Social Católica.
“Todo ser humano tem dignidade plena porque somos criados à imagem de Deus”, afirmam. A Igreja é contra a pena de morte mesmo porque “é cruel e priva a pessoa condenada da misericórdia de Deus”, eliminando a possibilidade “de se arrepender e encontrar a paz com Deus e com os outros”. Além disso, a pena capital não “é um meio útil”. Os bispos australianos pedem à Santa Sé para que desempenhe um papel internacional nesta obra de conscientização nas sedes internacionais. Mas consideram também “as oportunidades para os bispos australianos de trabalhar com os irmãos de outras Conferências Episcopais e através da rede global da Igreja a fim de \implementar uma estratégia mais ampla”.
A pena de morte está em vigor na Austrália, e os bispos muitas vezes pediram clemência para os condenados à morte promovendo vigílias de oração para o respeito pela vida. (PA) (Agência Fides 27/11/2015)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network