http://www.fides.org

Asia

2003-10-10

ÁSIA/CHINA - UM ANO DEDICADO À CHINA PARA DIVULGAR A HISTÓRIA E TRADIÇÕES DA CULTURA CHINESA: AS INICIATIVAS DO PONTIFÍCIO INSTITUTO DAS MISSÕES ESTRANGEIRAS

Milão (Agência Fides) – “Itinerários Chineses. Caminhos de conhecimento e de encontro entre Itália e China”: é o tema de uma série de especiais iniciativas organizada pelo Pontifício Instituto das Missões Exteriores (Pime), por ocasião do centenário da viagem do missionário Padre Leão Nani para a China.
As manifestações terão início amanhã, 11 de outubro de 2003, com o congresso “Um século, um dia: a China de padre Leaão Nani e a China de hoje”, que se realizará no Centro Missionário do Pime em Milão, e prosseguirão com dois encontros culturais no mês de novembro e três mostras que a partir de 18 de dezembro serão realizadas até a primavera de 2004.
“Itinerários Chineses” – explicam os organizadores – têm o objetivo de sondar a complexidade da China em um momento em que a Itália, como outros países ocidentais, se prepara para colher as oportunidades de interação e intercâmbio que estão se abrindo com as mudanças econômicas e sócio-políticas em curso. A China chama a atenção do mundo como grande mercado e potência econômica emergente, mas poucos conhecem a cultura e as antigas tradições deste imenso país. Por isso, o Pime pretende propor uma chave de leitura deste rico e complexo mundo por meio da análise de diversos aspectos da sua história e da sua cultura, lançando a figura dos missionários como padre Leão Nani, de quem será possível admirar as fotos tiradas por ele mesmo.
A presença dos missionários do Pime na China remonta desde a metade de 1800, e representa uma das constantes às quais o instituto missionário sempre se manteve fiel. O interesse pelas culturas asiáticas, e em particular por aquela chinesa, sempre empenhou os melhores recursos do Pime. A atenção pela Ásia pode ser testemunhada também pelo lançamento on-line da agência Asianews – que nasceu em 1986 e é especializada na Ásia – que se ocupará em especial modo da China e do Islã.

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network