http://www.fides.org

Especial

2005-04-25

OCEANIA/AUSTRÁLIA - O Card. George Pell, Arcebispo de Sidney, à Agência Fides: "Sob a guia de Bento XVI, a Igreja no terceiro milênio encontrará os caminhos justos para enfrentar o desafio da descristianização "

Roma (Agência Fides) - "Estou muito feliz com a decisão do Colégio Cardinalício, que elegeu o Papa Bento XVI. Acredito que realmente agiu o Espírito Santo, do qual fomos instrumentos. Estou certo que a Igreja, sob a guia de Bento XVI, estará sã e salva. Ele fará coisas diferentes em relação ao seu predecessor, ainda não sabemos quais: mas estou convencido que agirá em continuidade com João Paulo II." Foi o que declarou em um colóquio com a Agência Fides, o Card. George Pell, Arcebispo de Sidney. "Na Austrália - continuou o Purpurado - principalmente os jovens católicos expressaram grande entusiasmo porque compreenderam que Bento XVI dedicará muita atenção e cuidado pastoral aos jovens, esperança da humanidade, como fez João Paulo II, pregando a eles o Evangelho de Cristo com radicalidade. O nosso país, mesmo estando na periferia da Ásia, é de cultura européia e, pelos principais desafios da fé, pode ser assimilado à Europa. Acredito que Bento XVI conheça e compreenda profundamente essas grandes questões abertas pela comunidade católica na sociedade e na cultura contemporânea. Por isso, acredito que, sob a sua guia, a Igreja no terceiro milênio encontrará os caminhos justos para enfrentar esses desafios. O maior deles, na Europa como na Austrália, é a descristianização. Certamente, os contextos são diversos. Mas assim como na Itália se registra um despertar da prática da fé e dos Sacramentos entre os fiéis. Assim também no Novíssimo Continente somos chamados a seguir este exemplo e a trabalhar por uma nova evangelização." (PA) (Agência Fides 25/4/2005)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network