http://www.fides.org

Asia

2003-09-11

ASIA/ÍNDIA - “SIM AO EMPENHO DOS CRISTÃOS NO MUNDO DA POLÍTICA E DO EMPREENDIMENTO PARA DIFUNDIR OS PRINCÍPIOS DA DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA: UNIR O LIVRE MERCADO COM UM SISTEMA EFICAZ DE REGRAS PARA O BEM ESTAR DA SOCIEDADE”

Bombay (Agência Fides) – Os cristãos devem assumir ativamente o seu papel no mundo da política e do empreendimento para levar os valores e a mensagem do Evangelho nos âmbitos decisivos para a vida da sociedade: disse recentemente dom Aloysius Paul D’Souza, bispo de Mangalore, falando a um grupo de empreendedores, homens de negócios e políticos cristãos em um encontro anual da Associação Cristã do Comércio e da Indústria. “Ocorre que todos levem a sério os desafios dos empreendimentos, no âmbito em que se necessita transferir os valores e as indicações da doutrina social da Igreja”, recordou o bispo.
Dom D’Souza exortou também a considerar com espírito crítico os atos e as leis promulgadas do governo local, estadual e federal, avaliando de um ponto de vista cristão e olhando o requisito essencial: o respeito da dignidade de cada homem.
O objetivo da Associação Cristã do Comércio e da Indústria é promover o crescimento econômico e o desenvolvimento criando bem estar para todos e na plena tutela dos direitos e da dignidade dos trabalhadores.
A Associação encoraja a estabelecer boas relações e reciproca colaboração entre os membros e é empenhada a propor os princípios de igualdade e solidariedade para os empreendedores do século XXI. A igualdade- explica – corresponde a convicção que todos os homens, de qualquer condição social, nacionalidade, e fé religiosa, possuem os mesmos direitos e a mesma dignidade. O princípio da solidariedade leva à compreensão recíproca e a partilha da vida cotidiana, a suprir as necessidades dos marginalizados. Existem outros objetivos, como o respeito dos deveres fiscais, considerado não só uma obrigação de lei, mas também um preciso dever moral. A Associação promove uma cultura de empresa que saiba unir o livre mercado com um sistema eficaz de regras, que respeitem o bem estar comum e garanta o bem estar da sociedade.
(PA) (Agência Fides 11/09/2003, 25 linhas, 340 palavras)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network