http://www.fides.org

Vaticano

2003-09-11

VATICANO - A CATEQUESE DO PAPA NA AUDIÊNCIA GERAL: A AÇÃO DE DEUS NÃO É JAMAIS PELA DESTRUIÇÃO, A CONDENAÇÃO OU A ANIQUILAÇÃO DO PECADOR

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – Continuando o ciclo de catequeses sobre os Salmos e os Cânticos propostos na oração da manhã das laudes, o Papa comemorou durante a audiência geral de quarta-feira, 10 de setembro, na Praça de São Pedro, o Cântico de Ezequias: “Deus renovará o seu povo” (Ez 36, 24-28).
“O contexto desta página, transformada em hino da liturgia, quer colher o sentido profundo da tragédia vivida pelo povo nestes anos”, explicou o Santo Padre. “De fato, o pecado de idolatria havia contaminado a terra dada em herança ao Senhor de Israel. Esta, mais do que outras causas, é responsável, em última análise, da perda da pátria e da dispersão entre as nações. Deus, de fato, não é indiferente diante do bem e do mal; ele entra misteriosamente em cena na história da humanidade com o seu juízo que, cedo ou trade, desmascara o mal, defende as vítimas, indica a via da justiça”.
Mas o objetivo da intervenção de Deus “não é nunca a ruína, a condenação pura e simples, a aniquilação do pecador”. Após a purificação mediante a prova e o sofrimento, surge a alba de uma nova era, uma “nova aliança” entre o Senhor e Israel. “Darei a eles um coração novo e colocarei dentro deles um espírito novo: tirarei de seu peito o coração de pedra e darei a eles um coração de carne, para que sigam os meus fiéis e observem as minhas leis e as coloquem em prática; serão o meu povo e eu serei o seu Deus (11,19-20)...O profeta Ezequiel anuncia um novo povo, que o Novo Testamento será convocado pelo próprio Deus através a obra do Seu Filho. Esta comunidade do “coração de carne” e do “espírito” infuso experimentará uma presença viva e operante de Deus, que animará os fiéis agindo neles com a sua graça eficaz”.
No final da catequese, o Santo Padre convidou os presentes a acompanhá-lo com a oração em seu peregrinar apostólico em Eslováquia, com estas palavras: “Me preparo amanhã para cumprir com grande esperança a minha terceira viagem apostólica em Eslováquia, terra enriquecida pelo testemunho de heróicos discípulos de Cristo, que deixaram eloqüentes marcas de santidade na história da nação. caríssimos Irmãos e irmãs, vos convido a acompanhar-me com a oração. confio esta viagem apostólica à Mãe do Redentor, tão venerada na Eslováquia. Seja Ela a guiar os meus passos e obtenha para o povo eslovaco uma renovada primavera de fé e de civil progresso”.
(S.L) (Agência Fides 11/09/2003 – Linhas: 29; palavras: 448)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network