http://www.fides.org

Asia

2003-09-03

ÁSIA/PAQUISTÃO - ESTIMA-SE MAIS DE MEIO MILHÃO DE PEREGRINOS NA PEREGRINAÇÃO ANUAL À “CIDADE DE MARIA” DE 5 A 7 DE SETEMBRO, NÃO OBSTANTE DIFICULDADES DO MOMENTO ATUAL.

Lahore (Agência Fides) - Mais de 500 mil de fiéis são esperados em peregrinação de 5 a 7 de setembro ao Santuário de Mariamabad, na Arquidiocese de Lahore. Será evento central da comunidade católica no Paquistão. A peregrinação, chamada em língua local “ziarat”, é um momento no qual os católicos do Paquistão dirigem-se com grande devoção à Virgem Maria, venerada no Santuário fundado em 1949 pelo frade capuchinho belga P. Frank, que morreu martirizado.
De várias parte do país fiéis de diversas idades, religiosos, sacerdotes e famílias chegam ao Punjab, a Mariamabad, que significa a “Cidade de Maria”, situada a 95 km ao Sul da capital regional Lahore. Os peregrinos chegam ao Santuário a pé, em bicicleta ou em meios privados ou públicos pregando por diversos dias e pedindo graças especiais à Virgem Maria.
“Para nós sacerdotes – disse à Agência Fides o Arcebispo de Lahore Dom Lawrence Saldanha – a peregrinação é uma ocasião de agradecer o dom da vida ao Senhor e renovar o nosso empenho ao serviço do Povo de Deus. Para todos os fiéis, o ziarat é um momento importante de oração e cura interior, do corpo e da alma. Os peregrinos aproximam-se ao Sacramento da Penitência e experimentam uma renovação espiritual que ajuda às suas vidas”.
A comunidade católica do Paquistão vive este evento em um fase de difíceis relações com à comunidade muçulmana. Segundo alguns sacerdotes locais, participaram também à peregrinação alguns fiéis muçulmanos e isto pode-se tornar um gesto de aproximação e amizade nas relações islamo-cristãos no Paquistão.

(PA) (Agência Fides 3/9/2003 27 linhas e 280 palavras)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network