VATICANO – Primeira Jornada internacional de oração e reflexão contra o tráfico de pessoas

Quarta, 26 Novembro 2014

Roma (Agência Fides) – A primeira “Jornada internacional de oração e reflexão contra o tráfico de pessoas” será celebrada em todas as dioceses e paróquias do mundo, em grupos e nas escolas, no próximo dia 8 de fevereiro de 2015, dia de Santa Josefina Bakhita, escrava sudanesa libertada, religiosa canossiana, canonizada no ano 2000. A iniciativa é promovida pelo Pontifício Conselho da Pastoral para os Migrantes, pelo Pontifício Conselho da Justiça e da Paz e pelas Uniões internacionais, femininas e masculinas, dos Superiores/as Gerais (UISG e USG).
O comunicado enviado à Agência Fides, evidencia que o objetivo da Jornada é “antes de tudo criar, uma maior consciência sobre o fenômeno e refletir sobre a situação global de violência e injustiça que atinge tantas pessoas que não têm voz, que não contam, que não são ninguém: são simplesmente escravas. Ao mesmo tempo, dar resposta a esta forma moderna de tráfico de seres humanos, através de ações concretas”.
O fenômeno se registra no mundo inteiro. Segundo dados oficiais, cerca de 21 milhões de pessoas, quase sempre pobres e vulneráveis, são vítimas do tráfico para a exploração sexual ou do trabalho forçado, retirada de órgãos, mendicância forçada, servidão doméstica, casamentos obrigados, adoção ilegal e outras formas de exploração. A cada ano, cerca de 2,5 milhões de pessoas são vítimas do tráfico de seres humanos e reduzidas à escravidão. Tal atividade criminosa lucra um total de 32 bilhões de dólares por ano a traficantes e exploradores, e é o terceiro ‘negócio’ mais rentável depois do tráfico de drogas e o de armas. (SL) (Agência Fides 26/11/2014)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network