http://www.fides.org

News

2014-08-09

EUROPA/ESPANHA – Celebrado o Primeiro Dia Mundial contra o Tráfico de Seres Humanos

Madri (Agência Fides) – Foi recentemente celebrado o Primeiro Dia Mundial das Nações Unidas contra o Tráfico de Seres Humanos, durante o qual, foram relembradas milhões de vítimas ‘invisíveis’ desta gravíssima violação dos direitos humanos em todo o mundo.
Várias organizações e sindicatos manifestaram claramente a necessidade de dar visibilidade ao fenômeno e pediram ao Governo espanhol uma lei integral que tutele as vítimas e preveja todos os tipos de tráfico, não apenas o que tem fim de exploração sexual. A Asociación Comisión Católica Española de Migraciones (Accem), que oferece ajuda e acolhimento aos refugiados e imigrantes assegurou que, segundo um relatório da Eurostat, a Espanha é um dos principais destinos das vítimas na Europa e no Continente. Entre 2008 e 2010, foram identificadas 23.600, das quais 68% eram mulheres e 15% menores. Durante o Primeiro Dia, Accem pediu, além da lei internacional contra esta “escravidão do século XXI”, que a Espanha adote a norma sobre a prevenção e a repressão do tráfico, cujo mandato para efetivação espirou em 6 de abril. A Onlus exortou ainda as autoridades espanholas a fornecer acesso ao direito das vítimas de obter figuras jurídicas para a tutela internacional, asilo e proteção subsidiária, quando as circunstâncias o requerem.
Também a Comissão Espanhola de Ajuda ao Refugiado (CEAR) solicitou as autoridades a reconhecerem o direito às vítimas do tráfico de seres humanos estimadas entre 40 a 50 mil mulheres exploradas sexualmente na Espanha provenientes sobretudo da Nigéria. Esta forma de violência afeta a cada ano 2,4 milhões de mulheres, homens, meninos e meninas no mundo inteiro, segundo estimativas difundidas pela Organização Internacional do Trabalho. (AP) (9/8/2014 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network