http://www.fides.org

News

2014-08-06

ÁFRICA/TANZÂNIA – Alguns cidadãos tanzanianos presos em relação aos ataques de Lamu, que provocaram 100 mortos

Dar es Salaam (Agência Fides) – Três cidadãos da Tanzânia foram presos no Quênia acusados de terem participado dos ataques cometidos em junho contra aldeias na área costeira queniana de Lamu, que provocaram uma centena de mortes (veja Fides 16, 17 e 19 de junho).
Analisando seus celulares, a polícia queniana encontrou provas de que os detidos estavam em contato com elementos dos Shabaab somalis suspeitos de serem responsáveis pelos ataques ao território queniano.
Se as acusações contra os tanzanianos presos forem confirmadas, deve se delinear uma situação preocupante, onde a instabilidade da Somália se estenderia não apenas ao Quênia, mas também à Tanzânia, onde ainda se recordam os recentes atentados em Zanzibar e Arusha. Em 5 de maio de 2013, em atentado diante da Igreja de São José, morreram três pessoas e cerca de sessenta ficaram feridas (veja Fides 7/5/2013). (L.M.) (Agência Fides 6/8/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network