http://www.fides.org

News

2014-07-30

ÁSIA/SIRIA - Pax Christi International: o tráfico de armas alimenta o conflito sírio

Damasco (Agência Fides) - O sangrento conflito sírio continuará até quando os atores internacionais continuarem alimentando a vendas de armas. E toda séria tentativa e acabar com a violência cega que está devastando o país há mais de três anos deve partir da promoção de negociações políticas sérias e pela interrupção o fluxo de armamentos provenientes de vários países que continuam fornecendo instrumentos de morte as frentes contrapostas. São estas as declarações claras contidas num apelo difundido por Pax Christi International pra chamar a comunidade e os organismos internacionais a tomarem medidas e iniciativas capazes de combater quem continua alimentando o conflito na Síria com instrumentos de morte. “Os atores internacionais, incluindo os governos”, lê-se no texto enviado à Agência Fides, “estão fomentando o conflito armado fornecendo e financiando armamentos e munições, adestrando os combatentes e também enviando contingentes militares para socorrer de um ou mais contendentes. Alguns centros de análise fizeram o esforço de documentar os tráficos de armas, mas, em geral, se registra um sério deficit na atribuição de responsabilidade neste terreno”. Segundo Pax Christi, o tráfico de armas continuou durante todo o conflito, com níveis de envolvimento internacional que fazem pensar numa “guerra por procuração” combatida na Síria por forças externas, globais e regionais.
Para aumentar as possibilidades de acabar com o conflito sírio – destaca Pax Cristi International em seu apelo –, o primeiro passo a empreender é impor através do Conselho de Segurança ou da Assembleia Geral da Onu um embargo global sobre o fluxo de armas em direção à Síria. (GV) (Agência Fides 30/7/2014).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network