http://www.fides.org

News

2014-07-23

ÁSIA/CHINA - Muito tempo no computador ou no celular, muito pouco tempo para ler a Bíblia

Pequim (Agência Fides) - Dentre as várias iniciativas relacionadas com a difusão da Bíblia e a promoção de seu conhecimento na China, das quais a Agência Fides recebeu a notícia, trazemos a denominada "transmissão das Sagradas Escrituras na família", promovida por 4 estações missionárias da periferia sul de Pequim. Iniciada em primeiro de julho, se concluirá em 30 junho de 2015, para comemorar os 5 anos de sua fundação. De acordo com o sacerdote organizador, "as pessoas de hoje gastam muito de seu tempo com computadores e celulares, pouca gente pensa em ler um pouco a Palavra de Deus, especialmente os jovens. Por isso, queremos incentivar e ajudar as famílias a adquirirem o hábito de ler a Bíblia juntos, a aplicar a Palavra de Deus na vida, tornando-se cristãos autênticos".
Para realizar a iniciativa, o sacerdote leva uma Bíblia e uma vela abençoada a uma família que se dispõe. A família prepara um pequeno altar no centro de sua própria casa, onde são colocadas a Bíblia e a vela acesa, lembrando que a Palavra de Deus ilumina e orienta a vida dos fiéis. Durante a semana, todos os membros da família se comprometem a ler e a partilhar a Palavra de Deus juntos, segundo as indicações dadas pelo sacerdote. No final da semana, o padre leva a Bíblia a outra família e assim por diante.
Dentre outras iniciativas bíblicas, cem cópias da Bíblia foram distribuídas, em 18 de julho, pelo pároco da paróquia de Nossa Senhora do Carmo, em Pequim, acompanhado por um grupo de paroquianos, aos estudantes universitários que participaram do acampamento de verão. A paróquia está encerrando as comemorações do centenário da reconstrução (veja Fides 19/7/2014), e segundo o pároco, tratou-se de "um gesto de caridade e evangelização que surgiram a partir de nossas celebrações para o centenário".
A Diocese de Cang Zhou da província Hebei está comprometida com a promoção da leitura da Palavra de Deus nas paróquias e comunidades eclesiais de base. (NZ) (Agência Fides 2014/07/23)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network