http://www.fides.org

News

2014-07-16

ÁSIA/IRAQUE – Em Mossul, o Califado Islâmico ordena: nenhuma ajuda a cristãos e xiitas, suas casas devem ser expropriadas

Mosul (Agenzia Fides) – Os milicianos jihadistas do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIL) que desde 9 de junho controlam Mossul e proclamaram o Califado Islâmico, ordenaram aos funcionários públicos de suspenderem toda a ajuda em comida e gás aos xiitas, curdos e aos poucos cristãos remanescentes em Mosul, segunda cidade do Iraque. Fontes cristãs de Mossul confirmaram a notícia à Agencia Fides, após sua publicação no site árabe www.ankawa.com.
Segundo quanto referido pelo funcionário local Fadel Younis, os representantes do Califado Islâmico anunciaram que toda infração à proibição será punida com base nas regras da charia.
Na cidade situada no norte do Iraque – confirmam a Fides fontes do Patriarcado caldeu – também as casas abandonadas pelos batizados são “assinaladas” com a letra inicial da palavra árabe Nazarat (cristão) e delas tomam posse os sunitas apoiadores do Califado.
Por outro lado, após um mês de impasse, os parlamentares iraquianos elegeram como Presidente do Parlamento o sunita Salim AL-Juburi. Agora a classe política iraquiana procura voltar e iniciar o processo de formação de um novo governo, enquanto um terço do país permanece sob controle das milícias do ISIL. Nas últimas horas, o Exército governamental fez uma ofensiva para retomar o controle da cidade de Tikrit, cidade natal de Sadddam Hussein, ocupada sobretudo pelo ISIL nas últimas semanas. (GV) (Agência Fides 16/7/2014).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network