http://www.fides.org

News

2014-07-04

AMÉRICA/MÉXICO - Inaugurado um centro de acolhimento, mas a questão dos migrantes deve ser resolvida pela raiz

Tamaulipas (Agência Fides) – “O fenômeno da migração poderá ser enfrentado e resolvido pela raiz somente quando formos às causas que forçam homens, mulheres e crianças a deixarem seus países em busca do ‘sonho americano’: a reflexão e as intervenções, hoje, devem ir além da simples ajuda material ou de um melhor tratamento dos migrantes”. Foi o que disse o Bispo da diocese de Matamoros, Dom Ruy Rendón Leal, intervindo na inauguração da “Casa do indigente Santíssima Trindade” de Reynosa (Tamaulipas). 
Como informa uma nota enviada à Fides, o Bispo de Matamoros disse que “a injustiça econômica e o desequilíbrio social em nossos países latino-americanos são as principais causas desta migração. Com efeito, as famílias não encontram em seus países de origem as condições básicas para atender às necessidades básicas para satisfazer as necessidades mínimas de vida”. Segundo o Bispo, “é preciso garantir melhores condições de vida no âmbito profissional e econômico: muitas vezes, as grandes companhias multinacionais veem aos nossos países para procurar somente mão de obra barata, mas os salários devem ser justos”. Dom Rendón Leal concluiu destacando que este fenômeno da migração já se tornou “um problema geral na América Central: todos somos envolvidos e impressionados ao ver quantas crianças tentam atravessar a fronteira em direção dos Estados Unidos”. (CE) (Agência Fides, 4/7/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network