http://www.fides.org

News

2014-07-01

ÁSIA/IRAQUE - Apelo do Patriarca Louis Raphael I Sako pela libertação das irmãs e dos órfãos sequestrados

Bagdá (Agência Fides) – O Patriarca de Babilônia dos Caldeus, Louis Raphael I Sako, dirigiu um apelo público aos que “detêm as irmãs e os órfãos sequestrados em Mossul três dias atrás”. Segundo o que foi apurado pela Agência Fides, no apelo se expressa preocupação pelo paradeiro das duas freiras e dos três jovens – duas meninas e um menino -, pedindo que sejam libertados o mais rápido possível. Em especial, o Patriarca se dirige aos líderes religiosos muçulmanos e aos sheiks das comunidades sunitas de Mossul, pedindo a eles que façam “todo o possível” para obter a libertação doa sequestrados. No apelo, o Patriarca caldeu cita os versículos do Corão que indicam a todos os fiéis de tratar bem os monges e os órfãos, recorda que os cristãos “foram os primeiros a receber os conquistadores muçulmanos 14 séculos atrás” e que no Iraque de hoje os cristãos enquanto tais não se identificam com nenhuma posição política. “Este – concluiu o Patriarca Sako – é o mês do Ramadã, mês de misericórdia e caridade. Pedimos a todos para que façam voltar, em paz, as irmãs e os órfãos sequestrados".
Desde sábado 28 de junho, não temos contatos com irmã Atur e irmã Miskinta, duas religiosas caldeias da Congregação das Filhas de Maria Imaculada que voltaram de carro para Mossul vindo da cidade de Dohuk na companhia de duas garotas e de um garoto cristão. As duas religiosas cuidam e administram uma casa-família para os órfãos em Mossul, perto do arcebispado caldeu. Diante da ofensiva islâmica iniciada em 9 de junho, as irmãs e todos os hóspedes da casa-família deixaram Mossul encontrando refúgio na cidade de Dohuk, no Curdistão iraquiano. Dali irmã Atur tinha já feito visitas rápidas a Mossul para verificar as condições da casa e pegar alguns objetos e instrumentos de trabalho e estudo para as garotas obrigadas a abandonar suas casas. No comunicado divulgado hoje, o Patriarca Sako fala de “sequestro” por causa do desaparecimento das irmãs e dos três garotos. (GV) (Agência Fides 1/7/2014).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network