http://www.fides.org

News

2014-06-10

ÁSIA/ÍNDIA – Estruturas médicas e de saúde precárias e inexistentes em escolas estatais no distrito de Madurai

Madurai (Agência Fides) – No distrito de Madurai, a mais antiga cidade tâmil, existem 1.226 escolas estatais, mas em nenhuma delas há um agente de saúde permanente que se ocupe da manutenção dos serviços de higiene, que, na ausência de serviços básicos como água e limpeza ordinária, são inutilizáveis na maior parte das escolas estatais. No ano passado, o Ministério da Instrução identificou 210 escolas sem banheiros no distrito. Aonde existem ou estão sendo construídos, faltam verbas para a sua manutenção. Segundo Right to Education Act 2009, é obrigatório que exista um banheiro em todas as escolas, mas não se tem uma idéia do número necessário proporcional aos estudantes. Não assumir agentes de saúde nas escolas é um problema muito grave, pois a falta da correta manutenção impede aos estudantes utilizar os serviços. Segundo ativistas, em algumas escolas os professores mantêm os banheiros fechados, proibindo aos estudantes de utilizá-los e reservando-os somente para eles. A situação é particularmente delicada para as moças, que correm o risco de ter doenças renais. Depois de uma série de investigações sobre a situação de algumas escolas do distrito, descobriu-se que não possuem cobertura e estruturas hídricas. Consequentemente, os estudantes evitam usar os banheiros. Para resolver esta situação, é preciso criar uma equipe de saúde permanente que se interesse da manutenção dos serviços higiênicos em todas as escolas e que o Ministério da Saúde escolar realize controles periódicos. (AP) (10/6/2014 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network