http://www.fides.org

News

2014-06-09

ÁSIA/PAQUISTÃO - Ataque ao aeroporto de Karachi: os cristãos rezam pela paz invocando Santo Antonio

Karachi (Agência Fides) – “Nestes momentos de tensão e de violência, enquanto está se realizando um ataque simbólico ao coração do Estado, como católicos nos dirigimos a Santo Antonio, de quem se aproxima a festividade, no dia 13 de junho: ao santo dos milagres, pedimos o dom da paz e da harmonia para a nossa amada nação”: é o que diz à Agência Fides pe. Mario Rodrigues, Diretor da Comissão de pastoral juvenil da Arquidiocese de Karachi e pároco na Igreja de Santo Antonio na cidade. Em conversa com a Agência Fides, o sacerdote explica: “Estamos consternados. O ataque terrorista, de matriz talibã, mostra que estes grupos extremistas têm também uma força militar. Querem também ter visibilidade e demonstrar que são capazes de atingir a nação no coração. Vive-se um clima de tensão e suspensão na cidade. Chegaram muitas forças especiais. Esperamos que o ataque seja impedido rapidamente”.
Em resposta a esta agressão imprevista, pe. Mario explica que “como católicos, dirigiremos orações especiais a Santo Antonio: nos próximos três dias, em preparação para a sua festividade de 13 de junho, na Igreja de Santo Antonio em Karachi viveremos uma intensa oração com a exposição prolongada do Santíssimo Sacramento. Das seis da manhã às seis da tarde, jovens, adultos, crianças e famílias vão adorar o Sacramento e rezar ao Santo dos milagres, pelo qual os católicos de Karachi têm uma devoção profunda. Dedicaremos estes três dias à constante invocação da paz para a nação, pela intercessão do Santo de Pádua: nos ajude a construir a paz, a reconciliação e a harmonia no Paquistão”. Pe. Mario conclui: “Neste momento difícil, pedimos ao Papa Francisco que reze intensamente pela paz no Paquistão”.
O ataque contra o aeroporto internacional de Karachi começou na noite do dia 8 de junho. Grupos terroristas armados mataram pelo menos 24 pessoas, ferindo outras 20. Os confrontos com as forças de segurança paquistanesas continuam ainda hoje. O ataque foi reivindicado pelos talibãs paquistaneses. Karachi é a metrópole do sul Paquistão, na província de Sindh, conhecida por ser a cidade mais violenta do país, onde todos os dias acontecem assassinatos e violência entre grupos étnicos, formações terroristas e jihadistas, gangues criminosas envolvidas no tráfico internacional de drogas e armas. (PA) (Agência Fides 9/6/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network