http://www.fides.org

News

2014-05-30

VATICANO - Cem anos da evangelização de Bamenda: aprofundar a fé e renovar o compromisso missionário, recomenda o Cardeal Filoni

Bamenda (Agência Fides) – Quinta-feira, 29 de maio, Solenidade da Ascensão do Senhor, o Cardeal Fernando Filonil, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, presidiu uma missa solene de encerramento do centenário de evangelização da Arquidiocese de Bamenda, na República de Camarões, durante a qual ordenou 7 diáconos e 9 presbíteros (veja Fides 26/05/2014; 27/05/2014). “Há 100 anos da primeira evangelização, disse na homilia, é bonito que alguns jovens desta Igreja desejam oferecer suas vidas a serviço desta comunidade. É a maneira mais significativa de celebrar estes 100 anos e louvar o Senhor pelo dom que eles fazem de si mesmos à Igreja”.
O Prefeito do dicastério missionário, que levou a saudação e bênção do Papa Francisco a todos os presentes, sublinhou: “Estas ordenações nos recordam a missão confiada à Igreja pelo Senhor ressuscitado, e confiada a todo cristão: a de ser evangelizador! É bom pensar que essa evangelização foi realizada aqui 100 anos atrás e que hoje a Igreja está bem estabelecida”!
O Cardeal Filoni sublinhou que todos os cristãos receberam o dom da fé e do Batismo com um objetivo muito preciso: “levar e comunicar o dom da fé aos outros”, consequentemente “o cristão não vive para si mesmo, mas para os outros, no sentido da caridade, da ajuda aos pobres e ao próximo necessitado, mas primeiramente, no sentido da fé que se vê através de seu testemunho e proclamação aos outros”.
Na homilia, o cardeal ilustrou o significado de ser colaboradores na construção da Igreja, retomando o moto do centenário, e exortou: “Esta celebração do Centenário de Evangelização de Bamenda marca um novo ponto de partida para essa Igreja local, que consiste num novo impulso missionário em aprofundar a sua fé em Cristo. A sua fé deve ser mais profunda e seu testemunho missionário mais eloquente e incisivo”.
Dirigindo-se aos candidatos ao diaconato e presbiterato, o Cardeal Prefeito recordou que “a missão do diácono está ligada ao serviço do altar, da Palavra de Deus e da caridade”, e o que caracteriza particularmente este ministério “é a configuração a Cristo-servo”.
Aos sacerdotes, evidenciou a importância de cultivar de maneira particular a vida interior, como reiteraram os recentes pontífices, pois “a união íntima e pessoal do sacerdote a Cristo é um fator indispensável para uma vida sacerdotal autêntica”.
No final da homilia, o Cardeal Filoni confiou a Igreja em Bemenda à proteção da Virgem Maria, Mãe da Igreja. (SL) (Agência Fides 30/05/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network