http://www.fides.org

News

2014-05-28

ÁSIA/TERRA SANTA – O Patriarca maronita aos cristãos palestinos: não vendam suas terras

Beit Sahour (Agência Fides) – Um convite a não vender suas terras e não emigrar da Terra Santa foi feito aos cristãos palestinos pelo Patriarca de Antioquia dos Maronitas, Bechara Boutros Rai, que nos últimos dias prolongou sua estada na Palestina e Israel depois de participar de alguns dos momentos salientes da peregrinação do Papa Francisco. O apelo aos árabes cristãos da Palestina foi feito pelo Patriarca Rai durante a missa por ele celebrada na terça-feira, 27 de maio, na paróquia católica de Nossa Senhora de Fátima, em Beit Sahour, perto de Belém. "Permaneçam em suas terras e enfrentem os desafios juntos", disse o Patriarca convidando todos a não venderem suas terras e a preservarem" esta preciosa herança, à custa de sacrifícios".
No domingo, 25 de maio, o Patriarca Rai se encontrou com o presidente palestino, Mahmoud Abbas, que no palácio presidencial, em Ramallah, lhe conferiu a "Estrela de Jerusalém" (a mais alta honraria concedida pela Autoridade Palestina) "pela coragem de sua visita à Terra Santa", segundo um comunicado emitido pela representação palestina no Líbano. "Quem não quer a paz na Palestina", disse o Patriarca Rai por ocasião de seu encontro com o presidente palestino, "não quer a paz no Oriente Médio".
O Patriarca Rai é o primeiro líder religioso libanês a entrar em Israel desde 1948, ano da criação do Estado judeu. No Líbano, foram expressas críticas sobre a decisão do Patriarca de entrar num país com o qual não foram assinados acordos de paz após os conflitos das últimas décadas. O Cardeal Rai defendeu as razões de sua escolha, dizendo que queria visitar a Terra Santa como uma região onde se encontram as raízes do cristianismo. O Patriarca - que recebeu das autoridades civis libaneses a autorização necessária para a viagem - já visitou a paróquia maronita de Jaffa, o mosteiro de Latrun no leste de Jerusalém Oriental e, até o final da semana corrente, se encontrará com as comunidades libanesas presentes na Galileia. Em Israel, vivem cerca de 11 mil cristãos maronitas. (GV) (Agência Fides 28/5/2014).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network