http://www.fides.org

News

2014-05-19

AMÉRICA/COLÔMBIA - Bispo de Tumaco: “aqui o Estado não existe há anos; a infância está abandonada ao seu destino”

Tumaco (Agência Fides) – “Em Tumaco as crianças são levadas pelas FARC e pelos bandos criminosos que os usam em sua guerra”: a denúncia é de Dom Gustavo Girón Higuita, OCD, Bispo de Tumaco, que sublinha que o Estado colombiano há tempos “deixou ao seu destino” a infância do país, ou melhor, a entregou “aos mais fortes e à lei da floresta”.
Segundo informações enviadas à Agência Fides por uma fonte local, o Bispo se expressou nestes termos comentando o atentado ocorrido no dia 14 de maio em Tumaco: um adolescente de 14 anos foi morto enquanto jogava uma granada de explosivos contra um grupo de policiais. Junto com ele, morreu outro menino de 12 anos, e sete agentes policiais ficaram feridos. O coronel Hugo Márquez, comandante da Polícia de Nariño, atribuiu o episódio a um grupo de membros das FARC, mas não ficou excluída a participação de bandos criminosos.
Para o Bispo, somente na cidade de Tumaco, com cerca de 150 mil habitantes, as crianças recrutadas por bandos criminosos e outros são pelo menos 50, talvez 60. Eis porque, segundo Dom Gustavo Girón Higuita, nesta situação, “existe a responsabilidade do Estado”, pois “há anos, a infância foi abandonada aqui e em outros lugares. Não há escolas suficientes, não há assistência de saúde, de trabalho nem serviços. Ou seja, não existe o Estado e é muito fácil que qualquer grupo se aproxime de crianças e as leve para onde quiserem”. Dom Girón Higuita também explicou que “boa parte dos jovens levados são órfãos”. (CE) (Agência Fides 19/05/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network