http://www.fides.org

News

2014-05-10

OCEANIA/AUSTRÁLIA - “Curar os corações despedaçados”: o compromisso da Igreja na reconciliação depois do genocídio ruandês

Sidney (Agência Fides) – Por ocasião do vigésimo aniversário do genocídio ocorrido em Ruanda, Catholic Mission Australia quer reforçar o grande compromisso da Igreja católica no país africano para ajudar as pessoas ainda traumatizadas pelo terrível evento. Como prova deste esforço, nos meses de maio e junho, padre Emmanuel Nsengiyumva, sacerdote ruandês, visitará 14 dioceses católicas australianas para compartilhar, como sobreviventes, sua experiência, e promover o apelo “Heal the broken-hearted” (curar os corações despedaçados) promovido pela Catholic Mission. O sacerdote participará de alguns eventos organizados para a ocasião, falará nas escolas e paróquias sobre seu papel de promotor deste processo de cura e de inspiração ao perdão, recebido também de outras vítimas.
Era um jovem seminarista de dezoito anos quando cerca de um milhão de pessoas foram massacradas. “Quando me tornei sacerdote – lê-se no comunicado enviado à Agência Fides pela Catholic Mission Australia – os efeitos do genocídio me convenceram ainda mais que seria o canal justo de Deus para ajudar as pessoas a se curarem desta imensa dor”. O vice-diretor nacional da Catholic Mission, Peter Gates, sublinha que “a maior parte de nós se recorda dos terríveis eventos do genocídio, mas muitos não estão ainda conscientes do incrível processo de reconciliação, atualmente em andamento, facilitado principalmente pela Igreja católica. Com grande emoção, acolhemos pe. Emmanuel sobretudo por ocasião do nosso apelo ‘Heal the broken-hearted’, que evidencia justamente esta fase de transformação. Pe. Emmanuel conhece muito bem as profundas feridas emotivas de sua comunidade e o enorme desafio do perdão que seu povo deve enfrentar” e conclui Gates. (AP) (10/5/2014 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network