http://www.fides.org

News

2014-05-09

VATICANO - A saudação ao Papa do Card. Filoni: engajados por uma Igreja “em transformação missionária”

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – O compromisso em realizar o “sonho” do Papa Francisco de uma Igreja “em transformação missionária”, ou seja, de uma Igreja que chegue a todos os lugares, que tenha a cor das pessoas em meio às quais se encontra, que viva na mesma condição social das pessoas com quem convive, que fale as línguas da população local, que nutra esperanças e sofra as mesmas dores das pessoas que a compõem, que anuncie a todos a boa Nova, que se faça próxima de toda religião que encontre e anuncie a mesma paz de Jesus ressuscitado”. Este compromisso foi assumido pelo Card. Fernando Filoni, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, falando em nome dos Diretores nacionais das Pontifícias Obras Missionárias, recebidos pelo Santo Padre Francisco esta manhã em audiência, por ocasião de sua Assembléia geral anual, em andamento em Roma.
Em sua saudação ao Papa, o Card. Filoni recordou a intuição da Venerável Pauline-Marie Jaricot, que deu origem às Pontifícias Obras Missionárias: “Quem se encontra nas localidades mais remotas da evangelização precisa de dois amparos: a oração, síntese altíssima do amor pelo anúncio do Evangelho, e a ajuda material”. Alguns anos mais tarde, Santa Teresa do Menino Jesus fazia de seu mosteiro o centro espiritual de participação na obra missionária. Por isso, recordou o Cardeal, as Pontifícias Obras Missionárias se reúnem em Assembléia, “para que o trabalho, a oração, o amor pela evangelização, que encontrou forma em todo este ano passado, e teve seu ápice no dia Mundial das Missões em outubro, chegue concretamente às Igrejas mais carentes, às jovens Igrejas e às Igrejas em formação, pequenas ou grandes, próximas ou distantes”.
O Prefeito do Dicastério Missionário recordou que, por meio de sua oferta, os fiéis de todo o mundo, “gente simples, comum e quase sempre pobre”, consentem ao Papa de demonstrar a sua solicitude por todas as Igrejas. Assim, fazendo-se intérprete dos sentimentos dos presentes, manifestou o apoio dos Diretores nacionais das Pontifícias Obras Missionárias à missão que o Senhor Jesus confiou ao Bispo de Roma, na consciência que o Papa “é o primeiro missionário da Igreja de hoje, na sequela de Jesus”. (SL) (Agência Fides 09/05/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network