http://www.fides.org

News

2014-05-06

ÁFRICA/SUDÃO - Bombardeado o hospital católico dos Montes Nuba: a denúncia do Bispo Gassis

Cartum (Agência Fides) - “O bombardeamento é um atentado contra civis inocentes que procuravam assistência médica em nosso hospital”, afirma Dom Macram Max Gassis, Bispo emérito de El Obeid em comunicado enviado à Agência Fides, em que destaca o bombardeamento aéreo ocorrido em duas fases, em 1º e 2 de maio, pela aviação de Cartum, do hospital católico “Mãe da Misericórdia”, nos Montes Nuba, no Sul do Kordofan, no Sudão.
“Os doentes não têm nada a ver com o conflito que está devastando os Montes Nuba desde junho de 2011. São civis inocentes, protegidos pelas leis internacionais de serem atacados por forças militares”, destaca Dom Gassis.
O Bispo recorda que o hospital católico é a única estrutura hospitalar que funciona nos Montes Nuba, e oferece cuidados essenciais e serviços de base para mais de 150.000 pessoas por ano.
Dom Gassis dirige um apelo ao Presidente sudanês Omar El Bashir. “Quero apelar ao Presidente Omar El Bashir, cuja aviação efetuou o bombardeamento, para que assegure que o hospital seja protegido de outros ataques. O hospital Mãe da Misericórdia é uma instituição hospitalar da Igreja católica que oferece serviços sem distinção de religião, etnia ou caráter político.
Atingindo o nosso hospital, ela atinge nossos irmãos e irmãs muçulmanos e cristãos, e continua a opressão religiosa contra a Igreja católica no Sudão”.
Dom Gassis conclui reafirmando o compromisso da Diocese de El Obeid em encontrar uma solução pacífica para a longa guerra que mancha o Sul do Kordofan. Os Montes Nuba fazem parte do Sul Kordofan, onde há tempos existe uma guerra entre o governo de Cartum e o SPLA-Nord (Exército de Libertação do Povo do Norte Sudanês). (L.M.) (Agência Fides 6/5/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network