http://www.fides.org

News

2014-04-24

ÁFRICA/SUDÃO DO SUL - Protesto em Juba da comunidade originária de Darfur pelos massacres de Bentiu

Juba (Agência Fides) – O líder da comunidade originária de Darfur em Juba, capital do Sudão do Sul, anunciou demonstrações de protesto pelos massacres ocorridos em Bentiu, no Estado de Unidade, onde diversas centenas de pessoas foram mortas depois que os rebeldes de Riek Machar retomaram o controle da cidade no dia 15 de abril.
A Missão da ONU no Sudão do Sul (MINUSS) acusa os rebeldes de ter selecionado as vítimas com base na etnia, escolhendo entre as etnias não-Nuer (etnia do etnia Vice-Presidente em luta com o Presidente Salva Kiir). Dentre os mortos estão também pessoas originárias de Darfur, região do Sudão que vive uma guerra entre diversos grupos armados e com os militares de Cartum. Falando à rádio católica “Bakhita Radio”, o representante da comunidade de Darfur em Juba, Abdalla Hamed, afirmou que as pessoas originárias de Darfur mortas em Bentiu eram mercantes e não guerrilheiros que apoiavam o Presidente Kiir, como afirmado pelos rebeldes. Segundo Hamed, apenas na mesquita de Bentiu foram mortas 420 pessoas (segundo a MINUSS são cerca de 200). As pessoas que buscaram refúgio na Igreja católica e no hospital também foram massacradas. (L.M.) (Agência Fides 24/4/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network