http://www.fides.org

News

2014-04-15

AMÉRICA/MÉXICO – Mais tensão na área de Veracruz para os trabalhadores da central hidrelétrica

Córdoba (Agência Fides) – A Diocese de Córdoba ainda aguarda a notificação sobre o status do projeto da hidrelétrica "El Naranjal", sendo agora passados vários dias da visita do Governador Javier Duarte que confiou a questão às partes envolvidas. Este projeto corresponde a uma das 112 barragens que alguns pretendem que seja construída com o capital privado no estado de Veracruz, envolvendo o território de Amatlán de los Reyes e sete municípios da região, provocando, segundo os ambientalistas, graves prejuízos a cerca de 30 mil pessoas (veja Fides 28/03/2014).
"Até hoje – refere uma nota enviada à Fides por Dom Eduardo Porfirio Patiño Leal, Bispo de Córdoba – eu não recebi nenhum comunicado. Para mim conta o fato de que foi adotada uma atitude de diálogo com as partes envolvidas, ambientalistas e autoridades federais, e também com aqueles que estão realizando o projeto". A nota ressalta que quando o Governador Javier Duarte de Ochoa se mostrou disposto a revisar e reavaliar o projeto, para verificar a sua viabilidade, o Bispo pediu-lhe para indagar sobre as concessões de permissões, visto que nestes dias a imprensa falou de uma possível retomada dos trabalhos.
"O fato de que o governador tem insistido que não haverá prejuízo para a população nos dá alguma confiança, mas também sabemos que temos de adotar medidas adequadas nos escritórios municipais, estaduais e federais, para saber como se concedem as autorizações", concluiu o bispo. De acordo com dados coletados por Fides, "El Naranjal" deveria ser a hidrelétrica mais importante do país, mas sua construção prevê uma redução de árvores indiscriminada e a diminuição significativa das águas do Rio Blanco. (CE) (Agência Fides, 15/04/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network