http://www.fides.org

News

2014-04-12

AMÉRICA/COLÔMBIA - Nascem as “Escolas de reconciliação”: iniciativa da Igreja para os jovens

Medellin (Agência Fides) – Contribuir na reconciliação e na paz no país: esta é a iniciativa da Igreja católica nos bairros onde existe o fenômeno dos esquadrões criminosos. Cerca de 70 jovens envolvidos na “guerra entre bandos” ou que correm risco de entrar em grupos armados ilegais têm, a partir de agora, uma nova opção de vida. Foram abertas as primeiras duas “Escolas de Perdão e Reconciliação”, criadas no município de Medellin e na cidade de Bello.
“Os jovens estão investindo num processo de redefinição de seus projetos de vida, sem violência. Estão tentando superar também eventos dolorosos ou traumáticos que fizeram parte de suas experiências”, explica, em nota enviada à Fides, uma das coordenadoras do programa dos centros, Magali Taborda Uribe.
As escolas são parte de uma estratégia definida “Paz para Todos”, proposta pelo Arcebispo de Medellin, Dom Antonio Ricardo Tobon Restrepo, para que a Igreja consiga gerar, ao redor de toda paróquia, eventos e iniciativas para promover o respeito pela vida e ao mesmo tempo, ajudar a alcançar a paz no país. Iniciativas no âmbito do percurso “Paz para Todos” estão em andamento desde outubro de 2013 e incluíram encontros sobre São Francisco e uma peregrinação em homenagem a Madre Laura na Catedral metropolitana.
O setor de pastoral social juvenil da arquidiocese de Medellin informa que, antes da iniciativa, segundo dados oficiais, havia cerca de 18 mil jovens em risco de criminalidade na cidade. Iniciado o percurso para a paz, empreendedores católicos e não católicos ofereceram postos de trabalho a estes jovens, que têm interesse crescente nas escolas de “Perdão e Reconciliação”. O caminho não é fácil: há muitos jovens que ameaçam e tentam desencorajar aqueles que decidem se inscrever nestas escolas. (CE) (Agência Fides, 12/04/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network