http://www.fides.org

News

2014-03-28

AMÉRICA/MÉXICO – Os bispos: chega de ameaças! O problema na área de Veracruz se resolve com o diálogo

Cidade do México (Agência Fides) – Desde 2010 as pessoas que se opuseram ao projeto hidrelétrico El Naranjal, em Veracruz (México), dentre eles alguns sacerdotes, vivem num clima de ameaças: denunciam os bispos que pediram às autoridades federais e estaduais para dialogar com as pessoas do local para encontrar uma solução ao problema.
Num comunicado da Conferência Episcopal Mexicana enviado a Fides, a Comissão para a Pastoral Social se une à denúncia feita por Dom Eduardo Patino, Bispo de Córdoba, que pediu às autoridades federais e estatais de Veracruz que esclareçam a origem das ameaças e das intimidações contra o sacerdote Julian Gonzalez e contra os membros do grupo "Difesa Verde Natura per Sempre", e que tomem uma posição definitiva sobre o projeto hidrelétrico El Naranjal.
Este projeto, se explica no comunicado dos Bispos, corresponde a uma das 112 barragens que se pretendem construir com capital privado no estado de Veracruz e que ameaça o território de Amatlán de los Reyes e sete municípios da região, atingindo cerca de 30 mil pessoas. Não obstante se trate da mais importante barragem hidroelétrica, que poderia gerar uma potência de 360 MW, segundo o parecer de várias comunidades do grupo acima citado, a sua construção provocaria graves prejuízos ambientais, enquanto prevê uma redução indiscriminada de árvores e a diminuição significativa das águas do rio Blanco.
As populações que vivem ao longo do canal correm o risco de infecções virais e o possível transbordamento do canal no período das chuvas, além de temer a infiltração de águas poluídas. Os Bispos não se opõem ao projeto, talvez necessário, mas destacam a importância do diálogo para resolver definitivamente o problema na região. (CE) (Agência Fides, 28/03/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network