http://www.fides.org

News

2014-03-11

AMÉRICA/VENEZUELA - Igrejas alvo de violências e atos sacrílegos, inclusive durante a missa

Caracas (Agência Fides) – Diversas igrejas foram alvo de atos de violência nos últimos dias na Venezuela: a notícia foi difundida por Dom Victor Hugo Basabe, Vice-Secretário da Conferência Episcopal da Venezuela, falando à mídia. Segundo informações enviadas à Agência Fides, o Vice-Secretário disse que “algumas igrejas estão em lugares onde a conflitualidade foi alta e foram atacadas por grupos violentos, até mesmo em plena missa”. Em seguida, citou a Igreja de Santa Bárbara em Mérida, invadida por grupos irregulares durante a celebração da Missa. Também as forças policiais agrediram um sacerdote, padre José Palmar, durante uma marcha em Maracaibo, em 19 de fevereiro.
Dom Rafael Conde, Bispo da diocese de Maracay, em comunicado enviado à Fides, denunciou os atos sacrílegos e de vandalismo ocorridos na paróquia de Nossa Senhora da Candelária, em Otra Banda de La Victoria, no município de Ribas, no Estado de Aragua, onde foi destruído o tabernáculo, jogadas no chão as hóstias consagradas, roubado o aparelho de som da Igreja e danificado o nicho do Cristo crucificado para roubar a caixa das ofertas. Dom Conde citou ainda outro ato vandálico ocorrido na paróquia da Candelária em Maracay. “A insegurança envolve todos nós, não distingue, não pede. Somos todos submetidos à violência”, comentou.
Ontem, houve mais uma morte, em Tachira: um estudante de 24 anos. O país está dividido e enquanto o presidente Maduro convocou um terceiro “diálogo de Paz”, a oposição está decidida a não participar. Ontem à noite, o Secretário-geral da OEA (Organização dos Estados Americanos), José Miguel Insulza, disse à imprensa internacional que a Igreja católica pode ser mediadora para prosseguir num verdadeiro diálogo de paz e resolver a terrível situação que a Venezuela está vivendo há um mês. (CE) (Agência Fides, 11/03/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network