http://www.fides.org

News

2014-03-08

AMÉRICA/ESTADOS UNIDOS - Os Bispos dos Estados Unidos e do México recordarão na fronteira milhares de migrantes mortos em busca de uma vida melhor

Arizona (Agência Fides) – Em 30 de março e em 1° de abril, os Bispos dos Estados Unidos e do México se encontrarão na fronteira entre os dois países (em Nogales, no Arizona) para caminhar juntos ao longo do confim entre as duas nações americanas, onde nos últimos anos morreram cerca de seis mil latino-americanos que tentavam chegar aos Estados Unidos. A nota enviada à Agência Fides pela Conferência dos Bispos católicos dos Estados Unidos da América (USCCB) refere que em 1° de abril, às 9h, os Bispos dos Estados Unidos e os Bispos do México concelebrarão a Eucaristia em memória de milhares de pessoas mortas buscando uma vida melhor. A iniciativa, expressamente inspirada na visita pastoral do Papa Francisco à ilha de Lampedusa (8 de julho de 2013), foi promovida pela Comissão para as Migrações da USCCB. O comunicado destaca: "O propósito desta viagem é acentuar o sofrimento humano causado por um sistema migratório falido, questão que no debate nacional sobre a imigração é muitas vezes subestimada”. Dom Eusebio Elizondo, Bispo auxiliar de Seattle e Presidente da Comissão para as Migrações, destaca o tema central da “dimensão humana da imigração”, porque a questão “diz respeito a seres humanos” e não somente “temas econômicos e sociais”. “Os que morreram ou são deportados cotidianamente – acrescenta Dom Elizondo – têm o mesmo valor e a mesma dignidade inata que Deus doou a todas as pessoas”. O prelado estadunidense destaca ainda: “A fronteira entre Estados Unidos e México é a nossa Lampedusa” e recorda a viagem do Papa Francisco e as suas palavras de condenação da “globalização da indiferença” e da “cultura do descartável”. Em novembro de 2013, na fronteira foi celebrada uma Eucaristia especial para recordar as vítimas da migração: o altar, de fato, estava dividido em dois pela rede metálica que marca a fronteira (veja Fides 04/11/2013). De um lado, havia o Bispo de El Paso (Texas, EUA) e, de outro, o representante do Bispo de Ciudad Juárez (Chihuahua, México). (CE) (Agência Fides, 08/03/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network