http://www.fides.org

News

2014-03-05

AMÉRICA/MÉXICO - Continua a se agravar o fenômeno das mães-meninas que abandonam os estudos

Cidade do México (Agência Fides) – A gravidez entre adolescentes continua a ser um problema muito grave no México. Segundo a Pesquisa nacional 2012 sobre o Abandono dos estudos médio-superiores, é a segunda causa de evasão escolar entre mulheres adolescentes. Uma em cada duas engravida e o índice de gestação entre menores de 12 a 19 anos não se reduz. Ao contrário, desde 2000 continua aumentando. De acordo com dados do documento “gravidez adolescente” do Programa nacional que prevê bolsas de estudo para jovens mães, a vergonha, o estigma e os preconceitos sociais são algumas das causas pelas quais as adolescentes grávidas abandonam os estudos.
Na Faculdade de Direito da Universidade Juárez do Estado de Durango (UJED), o presidente da associação de alunos revelou que o número de jovens que engravidam é alarmante. De 2 mil alunos, 30% são genitores e a evasão escolar por causa da maternidade oscila entre 40%, no nível médio-superior de estudo, e 20% no nível superior. Para limitar o fenômeno, os alunos da UJED criaram um asilo para bebês único em seu gênero no país. De estudantes para estudantes, que pagam uma cota segundo suas possibilidades socioeconômicas, foi construído graças à iniciativa dos universitários com o apoio do Governo e da Universidade e funciona das 7h da manhã às 20h. Atualmente hospeda 160 crianças e a lista de espera é bastante longa. (AP) (5/3/2014 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network