http://www.fides.org

News

2014-02-28

ÁFRICA/TANZÂNIA – Para a polícia de Zanzibar, “os recentes atentados não têm uma motivação religiosa”

Dar es Salaam (Agência Fides) - “Evitem exageros; essas explosões não são motivadas pela política nem pela religião”, afirmou a responsável pela polícia de Zanzibar, o Comissário Chefe, Hamdani Omar, numa coletiva de imprensa na capital homônima do arquipélago tanzaniano. “Estamos investigando alguns jovens que estão tentando desestabilizar o país”, acrescentou. Em 24 de fevereiro, duas bombas artesanais explodiram nas proximidades da Catedral anglicana e de um bar frequentado por turistas, sem provocar vítimas. Em 23 de fevereiro, outra bomba explodiu nas proximidades da Evangelistic Assemblies of God Tanzania.
Segundo as informações de Fides, em Zanzibar, no dia 17 de fevereiro de 2013, foi assassinado um sacerdote católico, pe. Evarist Mushi, enquanto no Natal de 2012, outro sacerdote local, Ambrose Mkenda ficou gravemente ferido numa emboscada. Nos últimos anos, vários edifícios de culto cristãos, entre os quais pelo menos três igrejas católicas, foram alvo de atentados, ou foram saqueados e incendiados depois de atacados por uma multidão incitada por alguns pregadores fundamentalistas. Os bispos tanzanianos denunciaram várias vezes as mensagens de intimidação contra a Igreja e os seus líderes através de publicações, opúsculos, revistas, dvds, cds e rádio. (L.M.) (Agência Fides 28/2/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network