http://www.fides.org

News

2014-02-19

AMÉRICA/PERU - “Por um debate participado e técnico”: os Bispos sobre a lei universitária

Lima (Agência Fides) - "Um debate participado e técnico que tem como objetivo considerar as universidades como lugares onde se garantir o crescimento e a realização humana, mas no respeito de sua autonomia e de outros direitos e garantias reconhecidos pela nossa Constituição. A Conferência Episcopal reitera o seu compromisso de contribuir para este debate: "é a exortação da Conferência Episcopal Peruana, cujo texto foi enviado à Agência Fides, sobre a proposta de reforma do sistema universitário do país.
Os bispos peruanos, reunidos na sua 103ª Assembleia Ordinária quiseram se expressar sobre isso, porque o projeto de lei Universitária envolve a maior parte da juventude do país. Além disso, a Igreja Católica não só "participou ativamente do nascimento das universidades", mas "há mais de quatro séculos até os dias atuais, está comprometida com a formação integral de milhões de peruanos em escolas, institutos e universidades, em todo o território do Peru", como se lê no comunicado. O Peru é o país latino-americano com o maior número de universidades, que recebem muitos estudantes provenientes de outros países.
A proposta da nova lei universitária deve ser debatida no Parlamento em março. Dentre as novidades e como um dos pontos que estão criando contrastes, está a criação de uma "Superintendência Nacional de Educação Universitária" à qual deverão se referir todas as universidades, e que será guiada pelo governo de turno. A proposta provocou a reação de grupos políticos e universitários que consideram uma violação da autonomia política, administrativa e acadêmica de cada centro. A Federação de Estudantes Universitários do Peru pediu para adiar a discussão para esclarecer a proposta de lei e abrir um confronto com as partes interessadas, uma vez que até agora não foram envolvidos. (CE) (Agência Fides, 19/02/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network