http://www.fides.org

News

2014-02-07

ÁSIA/ÍNDIA - Assembleia dos Bispos indianos: renovar a Igreja e a sociedade, permanecendo fiéis a Cristo

Palai (Agência Fides) – “Uma Igreja renovada por uma sociedade renovada”, no espírito do Concílio Vaticano II e em sintonia com as palavras do Papa Francisco: é o tema da 31a Assembleia Plenária da Conferência Episcopal da Índia (CBCI), em andamento em Palai, em Kerala, no sul da Índia, até 12 de fevereiro. Como informa a nota enviada à Fides pelo Secretário-geral da Conferência, Dom Albert D’Souza, estão participando 185 arcebispos, bispos e secretários de escritórios e centros nacionais da Conferência Episcopal. Trata-se da maior Plenária na história do episcopado indiano, que inclui os bispos dos três ritos católicos presentes na Índia: latino, sírio-malancarense e sírio-malabarense. A Conferência Episcopal Indiana, com suas 167 dioceses, é, por grandeza, a quarta maior do mundo.
Na celebração de abertura, em 4 de fevereiro passado, o Núncio apostólico na Índia, Dom Salvatore Pennacchio, frisou a importância da renovação da Igreja como “um seguro caminho rumo a uma maior fidelidade a Cristo e ao Evangelho”. Citando Papa Francisco, o Núncio disse que “a renovação eclesial não pode ser adiada” e que “toda renovação conduz a Igreja a reconhecer e redescobrir sua vocação missionária”.
O presidente da Conferência Episcopal, Card. Oswald Gracias, em seu pronunciamento, relevou que os textos do Concílio Vaticano II “constituem a fonte para a renovação da Igreja e da sociedade na Índia”, destacando que neste processo, “é preciso permanecer fiéis a Cristo”. O Cardeal leu aos bispos a exortação do Papa João XXIII , antes do início do Concílio Vaticano II: “Sejam santos em tudo o que fizerem, e conduzam os fiéis à santidade”.
Dom Albert D'Souza apresentou o relatório bienal da CBCI, concentrando-se em dois temas emersos nas instâncias dos bispos: o diálogo inter-religioso e a obra em favor dos pobres.
“O diálogo inter-religioso é essencial para realizar a missão evangelizadora da Igreja. Cristo nos pede para abrir o coração aos outros e caminhar com eles como companheiros de viagem”, disse. Além disso, os vários bispos ressaltam que “a Igreja, seguindo as pegadas de Cristo, não pode fechar os olhos diante dos sofrimentos e injustiças que penalizam os pobres, marginalizados e excluídos”. A Igreja na Índia enfrenta vários desafios que serão debatidos na assembleia: o papel das mulheres na Igreja e na sociedade; as oportunidades iguais e o acesso à educação; a opção preferencial pelos pobres; a presença e o testemunho na sociedade e na política. (PA) (Agência Fides 7/2/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network