http://www.fides.org

News

2014-01-24

ÁSIA/ÍNDIA - Eleições: os Bispos lançam um apelo contra a corrupção

Nova Déli (Agência Fides) – “A Índia precisa de políticos honestos, que se dediquem com zelo ao serviço, se engajem por uma nação livre do crime, sem discriminações, onde não exista sofrimento por fome e que seja livre do demônio da corrupção. Com a iminência das eleições gerais, todos os cristãos são chamados a demonstrar e a ativar seu compromisso social, por uma Índia justa e pacífica”: é o que afirma um apelo divulgado pelos Bispos indianos por ocasião das eleições do próximo mês de maio. O apelo, enviado à Agência Fides, é assinado por Dom Yvon Ambrosie, Bispo de Tuticorin, e pe. Charles Irudayam, respectivamente presidente e secretário executivo da Comissão para a Justiça, a Paz e o Desenvolvimento da Conferência Episcopal da Índia (CBCI).
O apelo faz notar que, “cotidianamente, as pessoas lidam com sofrimentos e dificuldades devido ao mau governo, à péssima administração, fraudes, escândalos e corrupção. Como observou o Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, a corrupção priva os povos de um bem comum fundamental, a legalidade, anulando o respeito das regras, o correto funcionamento das instituições econômicas e políticas e a transparência”. Além disso, informa o texto enviado a Fides, “a corrupção impede a correta aplicação dos recursos aos pobres, negando outros dois princípios da doutrina social católica: a opção preferencial pelos pobres e o destino universal dos bens”.
Os Bispos convidam todos os cidadãos a “estarem conscientes do direito e também do dever de usar seu voto para promover o bem comum”, escolhendo políticos “que demonstram integridade e sabedoria, se empenham contra toda forma de injustiça e tirania, contra o poder arbitrário por parte de um indivíduo ou de um partido político, contra toda intolerância”, dedicando-se ao serviço de todos “com sinceridade e equidade, ou melhor, com caridade”.
A Igreja na Índia – explica o documento – pretende contribuir a “construir uma sociedade justa e pacífica, inspirada no Evangelho e na doutrina social da Igreja”. Por isso, os Bispos convidam os cidadãos a “eleger entre os partidos políticos, nacionais ou regionais, antigos e novos, representantes que governem inspirando-se na defesa da dignidade humana, na promoção do desenvolvimento inclusivo, trabalhando pelo bem comum, a justiça, a paz e a fraternidade”. “Precisamos de representantes que estejam interessados no bem-estar do povo, que sejam responsáveis e transparentes, que se comprometam em tornar a Índia um berço de paz e prosperidade”, conclui o texto. (PA) (Agência Fides 24/1/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network