http://www.fides.org

News

2014-01-20

ÁFRICA/SUDÃO DO SUL – O Cardeal Wako lança um apelo pela paz no Sudão do Sul

Juba (Agência Fides)- O Cardeal Gabriel Zubeir Wako, Arcebispo de Cartum, lançou um apelo aos líderes políticos do Sudão do Sul para irem além de seus interesses pessoais para resolver a crise na qual vive o país.
O Cardeal Wako, que se encontra em Juba, capital do Sudão do Sul, para participar da reunião da Conferência Episcopal dos Bispos do Sudão e do Sudão do Sul, convidou os sul-sudaneses a se conscientizarem de que todos são filhos de Deus, e que entre irmãos não se mata. O confronto entre os dois expoentes do partido ao governo (SPLM, Movimento de Libertação do Povo Sudanês), o Presidente Salva Kiir e o ex-Vice Presidente Riek Machar, assumiu uma dimensão étnica envolvendo as duas maiores tribos do país: Dinka e Nuer.
Enquanto isso, não obstante as negociações que se realizam na Etiópia entre representantes dos dois contendentes, a guerra continua. Os combates estão concentrados em Malakal, capital do Estado do Alto Nilo (nordeste). Em 18 de janeiro, o exército tomou o controle de Bor, capital do Estado de Jonglei (leste). São justamente os Estados onde estão concentrados os recursos petrolíferos do país que estão no centro dos combates, que eclodiram em 15 de dezembro. Outro Estado envolvido é, de fato, o da Unidade, cuja capital é Bentiu.
O temor é que se os combatentes não pararem o mais rápido possível, o Sudão do Sul possa entrar numa ainda mais sangrenta e destrutiva guerra civil, envolvendo no confronto outros grupos armados e étnicos. O conflito já assumiu uma dimensão internacional: tropas ugandenses intervieram ao lado dos Kiir, enquanto também o Quênia enviou seus soldados oficialmente para proteger os próprios cidadãos que vivem e trabalham no país. (L.M.) (Agência Fides 201/1/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network