http://www.fides.org

News

2013-12-18

ÁFRICA/EGITO – Reduzida mas confirmada a pena para o imame que queimou uma Bíblia

Cairo (Agência Fides) – Uma Corte de apelação egípcia rejeitou o recurso do imame Ahmad Mahmoud Abdullah, pregador salafita preso e condenado por ter queimado uma Bíblia durante uma manifestação. Afirmam fontes egípcias consultadas pela Agência Fides. O recurso do imame causou o efeito de reduzir a condenação de onze para cinco anos de cadeia.
O imame Abdullah, conhecido como Abu Islam, proprietário do canal televisivo al-Ummah, fez o gesto sacrílego em 11 de setembro de 2012, durante as manifestações realizadas diante da Embaixada dos Estados Unidos no Cairo para protestar contra um filme que denegria o Profeta Mohammad. A estas manifestações tomaram parte também os cristãos. Em fevereiro passado, Abu Islam fez algumas declarações delirantes em relação aos casos de mulheres violentadas durante as manifestações de Praça Tahrir, afirmando que as vítimas de estupros estavam unidas aos manifestantes não para protestar, mas com o claro desejo de “serem violentadas”. (GV) (Agência Fides 18/12/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network