http://www.fides.org

News

2013-12-16

ÁSIA/SÍRIA – O Arcebispo Nassar: as crianças sírias invejam a estala onde nasceu Jesus

Damasco (Agência Fides) - “Na Síria, o Menino Jesus conta com muitos companheiros: milhares de crianças que perderam suas casas vivem em barracas pobres como a estala de Belém”. Assim, o Arcebispo maronita Samir Nassar descreve a condição vivida pela infância síria no tempo que precede o Santo Natal. Em uma tocante mensagem de reflexões natalinas enviada à Agência Fides, o Arcebispo maronita de Damasco expressa com imagens fortes os sentimentos de muitos cristãos sírios diante da chegada do enésimo Natal de guerra. “Jesus” observa Dom Nassar “não está sozinho em sua miséria. A infância síria, abandonada e marcada por cenas de violência, sonha em estar no lugar de Jesus, que tem sempre consigo seus pais, que o circundam e o acariciam. (…). Alguns invejam o Menino divino que encontrou uma estala para nascer e se abrigar. Dentre as crianças mais tristes, algumas nasceram sob as bombas ou no caminho da fuga”. Maria também – insiste o Arcebispo maronita “não está mais sozinha, em meio às dificuldades: muitas mães infelizes vivem na pobreza extrema e assumem todas as responsabilidades da família sozinhas, sem marido. A presença asseguradora de José na Sagrada Família suscita desgosto em milhares de famílias sem figuras paternas. Esta ausência alimenta o medo, a angústia e a inquietude”.
Na condição martirizada do povo sírio, parece não haver lugar para a promessa de paz e letícia próprias do Natal: “O barulho infernal da guerra” escreve Nassar “sufoca o Glória dos Anjos. A sinfonia do Natal pela paz cede diante do ódio e das crueldades mais atrozes”. E justamente a extenuante duração do conflito, que já dura há mais de mil dias, aumenta ainda mais o grito de oração dos cristãos diante do presépio: “Senhor, escutai a nossa prece”, conclui sua mensagem o Arcebispo Nassar. (GV) (Agência Fides 16/12/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network