http://www.fides.org

News

2013-12-04

AMÉRICA/NICARÁGUA - Cem anos da Província eclesiástica: uma festa com um olhar à situação do país

Manágua (Agência Fides) – Milhares de católicos provenientes de todo o país, se reuniram na manhã de 2 de dezembro na Catedral de Manágua para festejar o Centenário da Província Eclesiástica de Manágua. O Enviado especial do Papa Francisco, o Cardeal Nicolás de Jesús López Rodríguez, Arcebispo de Santo Domingo, presidiu a Missa, concelebrada pelos Bispos da América central e pelos sacerdotes da Nicarágua. A nota enviada à Agência Fides pela Conferência Episcopal da Nicarágua (CEN), informa que durante a celebração, o Cardeal destacou que “se trata de um momento histórico para a Igreja e para os nicaraguenses, porque é celebrado o momento em que o Papa São Pio X criou a Província Eclesiástica da Nicarágua, em 1913, que originariamente dependia da Guatemala”.
Após a celebração, o Enviado especial do Papa se deteve com a imprensa e comentou o processo de reforma constitucional em curso na Nicarágua, proposto pelo partido de governo à Assembleia nacional (veja Fides 23/11/2013). “A melhor Constituição revista é a que provém do diálogo, que representa os interesses do povo da Nicarágua e não de uma só parte – disse o Cardeal Lopez Rodríguez. Pode haver momentos de incompreensão, de crise, mas sempre baseados no diálogo recíproco. Somente quando falamos e ouvimos podemos entender. Não se trata do interesse de uma só parte, mas do interesse do povo da Nicarágua. Todos sabem que o povo precisa ser ajudado nos campos da instrução, saúde, organização da comunidade, projetos sociais... porque isto é essencial e a Igreja existe também para isso”.
O Arcebispo de Manágua, Dom Leopoldo Brenes, afirmou: “É uma bênção ter em nossa celebração o Cardeal Primaz da América, porque foi em Santo Domingo que começou a obra de evangelização na América Latina. Ali desembarcaram os primeiros missionários, e foi plantada a Cruz da evangelização”.
Ontem, 3 de dezembro, a secretaria da Conferência Episcopal da Nicarágua difundiu um comunicado no qual refere que depois da celebração, o Enviado especial do Santo Padre foi convidado para almoçar na Nunciatura e por razões protocolares, foi também convidado o Presidente da República, Daniel Ortega, com a esposa. Também participaram todos os Bispos da CEN. O Presidente da CEN, Dom René Sócrates Sándigo Jirón, Bispo de Juigalpa, falando à imprensa depois do encontro, disse: “Falamos com o presidente Ortega e concordamos com a idéia de trabalhar juntos pelo país. Nisto, a Igreja deve continuar a ser fermento de unidade”. (CE) (Agência Fides, 04/12/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network