http://www.fides.org

News

2013-11-29

ÁFRICA/SUDÃO DO SUL – Em novembro, executadas 4 sentenças de morte não obstante os apelos por uma moratória da pena capital

Juba (Agência Fides) - No mês de novembro, foram executadas 4 sentenças de morte no Sudão do Sul refere a Catholic Radio Network que traz um comunicado da South Sudan Law Society.
De acordo com o grupo humanitário sul sudanês, dois presos condenados por assassinato foram enforcados em Juba em 12 de novembro e os outros dois foram executados em Wau em 18 de novembro. O comunicado afirma que não foi possível obter os nomes dos condenados, nem detalhes sobre os crimes pelos quais foram executados. Nem sequer é claro, sublinha Law Society, se os quatro condenados tiveram uma assistência jurídica e outros direitos previstos pela Constituição.
A Low Society afirma que desde a independência (9 de julho de 2011) até hoje, no Sudão do Sul foram realizadas 14 sentenças de morte, enquanto cerca de 200 pessoas estão detidas no corredor da morte em diferentes cárceres do país.
Por ocasião do segundo aniversário de independência do Sudão do Sul, uma série de grupos da sociedade civil fizeram um apelo para a abolição da pena de morte e para comutar todas as penas de morte em outras formas de punição. O apelo também foi assinado pelos Missionários Combonianos (veja Fides 9/7/2013). (L.M.) (Agência Fides 29/11/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network