http://www.fides.org

Asia

2003-07-25

OCEANIA/ILHA SALOMÃO - CRESCE ENTRE OS JOVENS O MOVIMENTO QUE ENALTECE O VALOR DA CASTIDADE : UM TESTEMUNHO DAS ILHAS DO PACÍFICO EM PREPARAÇÃO A JMJ DE 2005

Honiara (Agência Fides) – Redescobrir valores como a castidade e a pureza, quase passados de moda, segundo a mentalidade do mundo: é o fim de um seminário com o título “o verdadeiro amor espera...” organizado de 18 a 20 de julho passados pelos padres salesianos na diocese de Honiara, dirigida aos jovens católicos, em preparação à Jornada Mundial da juventude de Colônia, em 2005.
O seminário inspirou-se do discurso do Santo Padre que, durante o Angelus de domingo, 6 de julho, disse: “Atualmente se exalta freqüentemente o prazer, o egoísmo ou a imoralidade, em nome de falsos ideais de liberdade e de felicidade. É necessário reafirmar com clareza que a pureza do coração e do corpo seja defendida, porque a castidade é guardiã do autêntico amor”. João Paulo II havia indicado como modelo Santa Maria Gorete, desejando que “ajude a todos os jovens a experimentar a beleza e a alegria da bem-aventurança evangélica: “Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus”, e que “ajude a descobrir o valor e a importância da castidade para construir a civilização do amor”.
“ Depois da revolução sexual dos anos 60, os jovens das Ilhas Salomão se encontram divididos entre viver as novas modas – consumismo, materialismo e hedonismo – e os valores tradicionais. Tal os coloca em crise: têm necessidade de novos ancoradouros e o santo padre lhes oferece com força”, explicou à Agência Fides a animadora Hilda Mônica Anihoniara.
Vinte jovens passaram o fim de semana refletindo sobre estes temas e disseram publicamente que pretendem manter o valor da castidade, chegando ao matrimônio puros: “Entendi ser eu mesmo um dom para a pessoa com a qual me comprometerei a passar a vida em matrimônio. Quero manter a pureza para não arruinar este dom”, disse Vincent Isa na conclusão dos trabalhos. “Descobri o significado e o valor de mim mesma como pessoa”, acrescentou Patrícia Saman. “ O fim de semana abriu ao meu horizonte um bom número de desafios”, comentou Doreen Mazana.
os jovens foram envolvidos em momentos de formação, reflexão pessoal e oração. O dr. Steve Aumanau teve um encontro formativo, mostrando como a droga e o abuso do álcool destroem o homem. o doutor Aumanau falou também do aborto como “destruição de uma vida”, respondendo ás perguntas dos presentes.
Alguns casais de esposos católicos deram o seu testemunho de vida conjugal e ajudaram os jovens a entender melhor a relação homem-mulher, destacando a necessidade da comunicação, do perdão, do respeito e da responsabilidade.
O salesiano Pe. Ambrose Pereira, coordenador do seminário, explicou como a Igreja pede aos jovens de fazerem-se testemunhas dos ideais e valores do Evangelho neste mundo, freqüentemente indo contra a corrente em relação á mentalidade comum. Como afirma o Santo padre- lembrou – os jovens são “futuro da Igreja”: por isto o Papa idealizou encontros como a Jornada Mundial da Juventude. O seminário foi concluído com uma Santa Missa celebrada pelo Arcebispo de Honiara, Dom Adrian Smith.
(PA) (Agência Fides 25/07/2003 – Linhas: 42; palavras: 515)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network