http://www.fides.org

News

2013-11-22

ÁFRICA/RD CONGO - “Presidente, reforce a presença do Estado”, pede a sociedade civil de Kivu do Norte a Kabila, em visita à região

Kinshasa (Agência Fides) - A anunciada visita do Presidente da República Democrática do Congo, Joseph Kabila, ao Kivu do Norte, foi saudada pela sociedade civil local com um comunicado, enviado à Agência Fides. “A visita que se realiza após a derrota do M23 (principal movimento rebelde da região), era aguardada pela população após a libertação dos Territórios de Nyiragongo e Rutshuru pelas FARDC (Forças Armadas da República Democrática do Congo)” sublinha o comunicado, em que a sociedade civil faz ao Presidente congolês uma série de pedidos para pacificar a região.
Primeiramente, solicita-se o desarmamento dos outros grupos armados ainda atuantes no leste da RDC. Alguns destes, segundo informa a imprensa local, começaram a depor as armas (principalmente em Kivu do Sul), mas outros continuam a ameaçar a população.
Pede-se também que se reforce a autoridade do Estado na província, que se promovam programas para a reintegração dos desalojados e refugiados e que se reconstruam as infraestruturas (pontes, estradas e edifícios públicos) destruídos ou danificados por 20 anos de guerra ou abandonados por todo este tempo sem manutenção.
É particularmente delicado o capítulo da assistência às mulheres e jovens vítimas de estupros de guerra, crime odioso do qual os soldados das FARDC não são estranhos. O comunicado se encerra afirmando que “no âmbito da luta à impunidade e para reforçar a disciplina militar, é importante que o Chefe de Estado não ignore o processo contra os militares acusados de violências sexuais e outros crimes contra os civis ao longo do eixo Minova, em novembro de 2012. A este propósito, poderia recomendar ao comandante e às tropas que respeitem os direitos humanos, para evitar incriminações judiciárias”. (L.M.) (Agência Fides 22/11/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network