http://www.fides.org

News

2013-11-11

ÁSIA/SÍRIA – Contrastes entre as facções jihadistas. Padre Karam: agora é guerra “todos contra todos”

Beirute (Agência Fides) – O de al-Quaeda Ayman Zawahiri com um pronunciamento oficial deslegitimou o Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIL), organização jihadista que no último ano assumiu uma posição hegemônica diante das milícias anti-Assad. Na declaração registrada alguns dias atrás e enviada a algumas redes árabes, um porta-voz de Zawahiri observou que de agora em diante o líder de ISIL Abu Bakr al-Baghdadi poderá atuar somente no Iraque e deverá deixar a frente al-Nusra – outra facção islâmica ligada a al-Quaeda, guiada por Abu Mohammad Golani – a liderança das operações militares no território sírio. Até agora as duas organizações se moveram de maneira independente, entrando às vezes em competição. O impulso enviado dado por al-Quaeda representa mais uma indireta confirmação das contraposições crescentes entre as facções que combatem o exército governamental sírio, fiel a Assad. “Hoje”, declara à Fides padre Paul Karam, Diretor das Pontifícias Obras Missionárias no Líbano, “no território sírio é uma guerra todos contra todos: onde nos levará? É esta a primavera árabe? O ódio, fanatismo e o terrorismo aumentam. Quem paga por tudo isto? Somente a extremada população síria e dentro da sociedade, as minorias que são as mais vulneráveis de todas. Acredito que seja essencial deixar que todo povo decida seu próprio destino e seu futuro”. Segundo Pe. Karam “ocorre promover um verdadeiro caminho de paz que não tome a forma de um plano de divisão do país. Serve uma conferência internacional de paz que enfrente de modo autêntico, concreto e eficaz a crise síria, seguindo a bússola dos direitos humanos e da liberdade religiosa”. (GV/PA) (Agência Fides 11/11/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network