http://www.fides.org

News

2013-11-07

ÁFRICA/NIGÉRIA – Um falso alarme durante uma vigília de oração provoca 28 mortos entre fiéis em fuga

Abuja (Agência Fides) – Um falso alarme lançado por uma ou mais pessoas não identificadas provocou morte de pelo menos 28 pessoas (e outras 200 estão internadas no hospital) que fugiram da Igreja do Santo Espírito de Uke, no Estado de Anambra (Nigéria). Foi o que afirmou o Dom Valerian Okeke, Bispo de Onitsha no Catholic News Service (CNS). “O meu pensamento e os meus sentimentos estão voltados para as famílias, parentes e amigos daqueles que perderam a vida”, disse o Bispo. Os fiéis estavam participando de uma vigília que se realizava na noite entre 2 e 3 de novembro.
Segundo outra reconstrução pouco antes da tragédia alguns políticos locais se apresentaram no local de culto para fazer uma campanha eleitoral aos fiéis, suscitando protestos entre os presentes. Improvisamente alguém lançou o alarme sobre um incêndio inexistente provocando a fuga precipitada de 5 mil pessoas presentes. Depois da tragédia de Uke, o capítulo sudeste da Christian Association of Nigeria (CAN, associação que reagrupa as confissões cristãs da Nigéria, dentre elas a Igreja Católica) decidiu proibir a realização de comícios políticos nas igrejas. (L.M.) (Agência Fides 7/11/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network