http://www.fides.org

News

2013-11-05

AMÉRICA/BOLÍVIA – Violência na zona rural, crianças amedrontadas e famintas escondidas na paróquia

La Paz (Agência Fides) – Padre Dioniso Zabala, pároco da paróquia de Apolo (cidade de 14.000 habitantes ao norte de La Paz) referiu à imprensa local que ainda há crianças das comunidades rurais que alojam na igreja por medo das violências sofridas após a ação da Fuerza de Tarea Conjunta (FTC). A nota enviada a Fides refere que padre Zabala foi a La Paz para pedir solidariedade e ajudas em gêneros alimentícios em prol dessas pessoas. “Tive que levá-los para dentro da paróquia e estão ali há vários dias. Estão em busca de um pouco de solidariedade para essas crianças que ficaram três dias sem comer. Quando vim a La Paz, eram 56 crianças, e outras estavam chegando”, disse o Padre Zabala, explicando que o pânico tomou conta das pessoas diante da presença da polícia e dos militares, e impede a eles de voltarem para casa e de retomar as aulas.
Em 19 de outubro, as tropas da FTC chegaram a Miraflores e Copacabana para uma operação de erradicação do excesso de coca. Segundo o primeiro relatório do governo, caíram numa armadilha e foram mortos três membros das forças militares e um médico, enquanto se contam cerca de 30 feridos entre a população. Afirma-se ainda que esses eventos foram organizados por pessoas ligadas ao tráfico de droga. Outra versão dos fatos, por parte da população, refere que as forças militares foram diretamente na casa dos cultivadores de coca para agredir mulheres e crianças, o que provocou a reação dos homens e degenerou num confronto. Há testemunhos seja por parte da população, seja por parte dos representantes das associações dos direitos humanos sobre a intervenção violenta das forças militares. No entanto, a situação ainda não foi completamente esclarecida. (CE) (Agência Fides, 05/11/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network