http://www.fides.org

News

2013-11-05

AMÉRICA/MÉXICO - “Queremos a paz!”: o Bispo de Apatzingan guia uma marcha com milhares de fiéis

Apatzingán (Agência Fides) – O Bispo da diocese mexicana de Apatzingán, Dom Miguel Patiño Velazquez, não está sob forte vigilância por parte das polícias local e federal porque é alvo de uma iminente agressão por parte da criminalidade organizada. Segundo alguns veículos de comunicação da cidade de Apatzingan, de fato, no domingo, 3 de novembro, por volta das 22h cerca de 40 carros da polícia federal chegaram à casa do Bispo, adjacente à Catedral, para retirá-lo dali e transferi-lo num quartel militar, para arruinar o plano de uma agressão descoberta através de interceptações de alguns telefones satelitares.
A nota enviada à Agência Fides por uma fonte local autorizada esclarece a situação: Dom Patiño Velazquez não tem nenhuma escolta, não tem proteção militar e não a deseja. A realidade é que a população local vive num clima de grande tensão e de medo há muito tempo, por causa das violências de grupos criminosos. Em 16 de outubro, o Bispo tinha publicado uma carta em que denunciava que a região do Vale de Apatzingán foi submetida à criminalidade organizada. “Aumentaram os sequestros, os homicídios e as propinas, a ponto que inteiras famílias tiveram que emigrar pelo medo e pela insegurança em que estamos vivendo”, escreveu o Bispo. A seguir, a Conferência Episcopal Mexicana (veja Fides 30/10/2013) ouviu este grito de alerta, lançando um apelo para uma ação urgente do governo diante da gravidade da situação na região de Michoacan.
No último final de semana, Dom Patiño Velázquez guiou uma marcha pela paz organizada pela Igreja Católica para infundir calma e serenidade na população. "Saímos às ruas para reacender a esperança de toda a população. Queremos a paz!", disse o Bispo junto a uma grupo de sacerdotes e religiosas aos quais se uniram milhares de fiéis. Saindo de cinco paróquias da diocese, a marcha chegou à Catedral onde foi celebrada a Missa pela paz no estado de Michoacan. (CE) (Agência Fides, 05/11/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network