http://www.fides.org

News

2013-10-24

AMÉRICA/BOLÍVIA – Duas mil crianças condenadas a viver atrás das grades junto a suas respectivas mães prisioneiras

La Paz (Agência Fides) – Calcula-se que cerca de duas mil crianças na Bolívia não têm outra alternativa a não ser viver nas prisões com suas respectivas mães que cumprem suas penas. A vida atrás das prisões é o preço que pagam para estar com elas. O Governo iniciou a “libertar” os que têm mais de 11 anos por causa dos maus-tratos que sofrem. Na prisão de segurança máxima de Miraflores, em pleno centro em La Paz, vivem uma centena de prisioneiras. Para evitar o isolamento total de seus filhos, todos os dias as professoras os levam para fora. Em Miraflores, a maior parte das crianças têm menos de seis anos, todavia em todo o país muitos são os centros onde os pequenos vivem dentro de celas com os respectivos pais. Na Bolívia, se registra uma ampla lista de denúncias de violências aos menores nos institutos de detenção. Algumas dessas violências foram cometidas por seus próprios familiares. Muitas vezes, as situações se agravam por causa do abuso de álcool e drogas. O Governo espera que até o final do ano grande parte dessas pequenas vítimas sejam levadas para fora das prisões do país. (AP) (24/10/2013 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network